Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda Tem Etiqueta

Ainda Tem Etiqueta

Só pode

por Francisca, em 06.02.15

Com o tamanho destas olheiras nem tenho tempo para pensar em compras, quanto mais fazê-las. Ah, pois, só deixei 160€ na farmácia. É o que eu digo, o universo inteiro está a conspirar contra as minhas poupanças. 

Tarefas, dicas e futilidades

por Francisca, em 02.02.15

Pode até ser estranho o que vou dizer mas não sinto diminuição na minha vontade em poupar dinheiro. Estou cheia de vontade e de ideias. Vou começar a destralhar a valer. OLX espera por mim. Uma câmara fotográfica, uma câmara de filmar, botas, livros, portátil, iPhone 4s desbloqueado. Será que consigo vender pelo menos metade? Sempre seria dinheiro extra no orçamento. A esperança é a última a morrer.

 

Para esta semana já tenho as refeições programadas e os looks definidos. Poupo imenso tempo assim. Tenho uma aplicação muito porreira para os looks. Tiro foto às roupas e coloco no calendário. A aplicação faz as estatísticas das vezes que uso a peça X ou Y! E fica tudo registado. Acho engraçado, fico com a noção de tudo o que uso. Também posso adicionar looks de celebridades como inspiração para looks no futuro. A aplicação chama-se Stylebook. Esta aplicação é paga, existe grátis outra versão, a aplicação Stylicious. São pequenas futilidades que me dão ânimo e de alguma forma ajudam esta batalha.

Adeus Janeiro, fui um desastre

por Francisca, em 01.02.15

Olá, voltei. 

Venho fazer o resumo deste mês desastroso. Acabei por gastar as poupanças todas. Fui aos saldos e só fiz porcaria. Abusei, digamos. Quatro pares de sapatos. Não tenho emenda. Também comprei um telemóvel novo. E ainda não vendi o antigo. Alguém quer um iPhone 4S por cem euros? Enfim, não vale a pena justificar-me, pois não?

 

Já não tenho os vouchers. Não tenho poupança. E tenho de começar tudo do zero. Mas não posso fazer este mês porque tive despesas extra: carta das finanças, carta da segurança social e aniversário do filho. 

 

Então e quanto sobra para Fevereiro? Vão rir-se. Pouco mais de cem euros. Verdade. Depois de todas as despesas pagas (extra e não extra) fiquei com cem euros. E só estamos no dia um. A única coisa que fiz de jeito foi não comprar livros. Palmas. De resto, esquece. Sou um desastre completo. 

 

Como viver com cem euros? Marmita em casa, não posso fazer compras, não posso ir ao cabeleireiro, nem arranjar as unhas. Digamos que este mês será só para fazer uma festa de anos do caraças e pouco mais. O marido também terá de me dar algum dinheiro para dividirmos as coisas, mas será pouca coisa. Só espero não ficar a bater mal com o peso da consciencia ou ficar triste com esta situação toda. Não vou desistir, e ainda acredito que vou conseguir juntar três mil euros. Sim, eu sou maluca. Adoro sonhar.

 

Entretanto hoje fui ao supermercado e já deixei cem euros do orçamento para a alimentação. Por isso é que detesto ir ao continente, trago sempre do que preciso. Bolachas, barritas, enfim. 

Entretanto, fui conhecer a minha casa nova mas ainda não assinei a escritura. Estas coisas demoram. Já ando a ver sites de decoração. A única coisa que eu quero é uma cozinha com uma ilha. Acho lindo. 

Pronto. Podem dar-me na cabeça. Eu mereço. 

 

100% Grátis

por Francisca, em 22.01.15

Uma pequena partilha. A revista Tentações (sai com a Sábado) traz como tema de capa 30 Sugestões de coisas que podemos fazer em Lisboa e no Porto sem gastar um tostão. 

 

Às vezes, viver não custa. 

Últimos acertos, ainda faltam algumas coisas

por Francisca, em 22.01.15

Para além da lista de comida, mesa decorada, animação para os miúdos para uma hora e meia, tenho outros pormenores para prontificar. Preciso de enviar as fotos do local, com uma foto do meu filho, escolher as cores para a mesa assim como o tema.

O tema é música. Estou indecisa em relação às cores: azul turquesa, laranja e branco ou azul, verde e branco. Vi fotos de festas com estas cores e gostei das duas. A primeira opção é divertida e alegre, a segunda é mais chic. Mas a primeira encaixa melhor na decoração da minha sala.

 

Vou comprar um caderno branco para os convidados escreverem uma mensagem bonita para o aniversariante. Ainda não vi em lado nenhum aquilo que pretendo. Na verdade, não comecei a procurar.

 

Tenho o quarto dos brinquedos para organizar de forma a servir de espaço para a animação. Aos poucos. Ainda tenho tempo.

 

Quero comprar umas flores para a ocasião, mas ainda é cedo.

 

Vou encomendar algumas fotos em formato Polaroid com fotos do meu filho desde o primeiro dia de vida ao momento actual. Conto fixar as fotos na parede durante o dia do aniversário. O site perfeito: http://produtos.printmyworld.pt/. Entregam dois dias (no máximo) depois do pagamento.

 

Preciso arranjar uma mesa pequena para colocar as bebidas. Ou arranjar outra solução.

 

Vou ser a fazer os convites. Tenho de comprar as cartolinas e os lápis de cera. A ideia é meter o meu filho a desenhar alguma coisa nos convites e depois escrever o convite à mão. Mas antes, tenho de escolher as cores da festa. Já fiz a lista dos convidados, espero entregar os convites na primeira semana de Fevereiro. A festa é dia vinte e um, parece-me a altura certa.

 

Ando em busca de música para colocar a tocar durante a festa. Infantil, claro.

 

No final do mês vou fazer 50% do pagamento.

 

Depois, preciso de um vestido. O meu armário tem imensos vestidos, mas a maioria é de cor preta. Preciso de algo com cor, sofisticado e confortável. Quando à roupa do miúdo já tenho.

 

Vou ficar meio depenada o próximo e acho que não vou conseguir poupar nada. Infelizmente, estou a ficar viciada em ver a conta poupança a crescer. Mas dias não são dias, e a festa dele é importante para nós. Ou será apenas uma desculpa para gastar dinheiro? 

Jantar rentável

por Francisca, em 21.01.15

O que uma pessoa faz para ter um livro novo com receitas para a Bimby. Ouvi dizer que saiu um livro novo para os utilizadores da Bimby TM5. Para ganhar o livro preciso de reunir duas pessoas amigas para uma demonstração. Está feito. Eu sou dessas: Faço qualquer coisa (exagerada!) por um livro novo. Na verdade, não me custa muito. Dou um jantar fantástico e ainda incentivo alguém a comprar o melhor robot de cozinha de sempre. A minha agente já me enviou os ingredientes. Pois, ninguém dá nada a ninguém. Nós pagamos os ingredientes que eles pedem, damos o espaço, a Bimby, luz, água, as amigas, os contactos… O que ganhamos? Um livro! Só me vou dar ao “trabalho” porque sei que as minhas amigas querem mesmo ver a Bimby trabalhar e porque o livro é exclusivo para demonstrações. O livro conta com 30 sopas, 30 pratos principais e 30 sobremesas. E diz que são receitas saudáveis.

Poupar tempo

por Francisca, em 20.01.15

Escolho sempre a minha roupa quando chego do emprego. Consulto as previsões meteorológicas. Hoje escolhi para amanhã as calças de veludo. Aquelas que comprei há uma semana urgentemente, a um preço muito bom, mas não sei como as usar. Devia usá-las pelo menos cinco vezes esta estação. Sempre foi o meu problema. Compro tudo. O meu roupeiro tem de tudo, se procurarem um javali são capazes de encontrar.  

Os almoços e jantares fora de casa

por Francisca, em 20.01.15

Almocei fora. Quando juntar todos os talões dos almoços/jantares deste mês vou ter uma surpresa. Tem sido pelo menos um vez por semana. Eu moro muito perto do escritório onde trabalho. Vou a pé para o emprego quando não sou eu a levar o miúdo para o berçário. Normalmente, deixo o almoço pronto no dia anterior. Não há justificações para comer fora. Mas, às vezes, não resisto a comer porcarias fora de casa. Preciso de me treinar. Quando levava a marmita não cedia, mas acabava por não partilhar a refeição com o marido. Se calhar, vou optar por equilibrar as coisas. Sendo assim, amanhã levo a marmita e passo a hora de almoço a ler na biblioteca ou no escritório. 

 

Hoje para aliviar um bocado o stress vi imensos sites de compras. Estive quase a ceder. Também fui passear para o centro comercial à hora de almoço e ainda experimentei um parka verde com carapuço com pelo. Eram 19.90€. Baratinho. Mas resolvi continuar esta luta.

 

Ah, cereja em cima do bolo, só para o dia acabar em bem, esta semana devo assinar a escritura da casa nova. Esperam-se tempos complicados nesta casa. Depois explico melhor. 

Más energias

por Francisca, em 20.01.15

Não durmo há onze meses. Levantei-me rabugenta, saturada, de mal com a vida. Não me apetece sequer dizer bom dia. Costumo ser uma pessoa com energias positivas, mas estou saturada. Assim que cheguei ao emprego abri a página da Fnac e desatei a encher o cesto de compras com livros com preço inferior a cinco euros. Não fechei a compra, foi só para descarregar esta energia. Não serviu. Vontade de gastar dinheiro não me falta. Entretanto, recebi a revista Time Out com a lista dos melhores sites de compras online. É gozar com uma pessoa. Parece um complô contra mim.

Quatro semanas. Complicado.

por Francisca, em 19.01.15

Não gastei o dinheiro. Os cem euros ainda não estão na carteira, não consegui ir ao banco fazer o depósito. Interessa é que não os gastei. 

 

A semana passada quase que me fez gastar dinheiro. Quase. Tive dias menos felizes, cheios de tédio. Quando isso acontece tenho vontade de fazer compras. Almocei fora um dia. Tenho juntado todas as facturas com contribuinte. Foi um gasto desnecessário. 

 

Não vendi mais livros, fiz uma troca de um livro por outro. Gosto, vou poder ler um autor que andava para ler há muito tempo. Só gastei o envio dos livros. 

 

Como fui ao workshop de costura tive de gastar dinheiro em portagens e transportes. E claro, lá aproveitei para jantar fora outra vez. Não resisto a comida. Outra refeição, desta vez necessária, estava cheia de fome. 

 

Continuo com os vouchers e tenho quarenta euros até ao final do mês para gastar. Isto, se não mexer na poupança até lá. Está a ser complicado estes últimos dias. Entretanto, estou a finalizar os últimos pormenores para a festa de anos do meu filho. E já combinei um jantar na próximo fim de semana com os amigos. A conta vai ser dividida. Com precisei de café, legumes e fruta, o valor no ticket é menor. 

 

As roupas que comprei ainda têm etiqueta. Enfim, quatro peças por estrear. 

 

Estou realmente a torcer para o ordenado ser depositado na próxima segunda-feira. Só falta mais um fim de semana! 

 

Conta: cerca de quarenta euros

Poupança: duzentos mais vouchers de oitenta euros

Ticket: quarenta euros

Mais sobre mim

foto do autor

Tags

mais tags

Links

  •  
  • Livros

    Bimby

    Supermercado

    Blogs Inspiradores